Tudo sobre Gravidez de Gêmeos: Dos primeiros sintomas ao parto

Hoje em dia é comum a gestação múltipla: gêmeos, trigêmeos, quadrigêmeos… até o recorde atual: sétuplos!

Sabe-se que essa possibilidade pode ser transmitida de geração a geração, processo que os geneticistas costumam chamar de “herança autossômica dominante”, ou seja: O espermatozóide fecunda um único óvulo, que dá origem a dois embriões, que terão características físicas iguais, chamados de ” monozigóticos”.

Ou então, a mulher tem dois óvulos no útero que são fertilizados  por dois espermatozóides diferentes, dando origem a dois embriões com características próprias, chamados de “dizigóticos”.

Porém, um dos motivos mais freqüentes  para a gestação múltipla é o combate e infertilidade. Os indutores de ovulação, estimulam a produção de óvulos para que a fertilização natural tenha um sucesso maior. Nos casos da reprodução assistida, são necessárias várias tentativas de implantação, no útero, de óvulos fecundados, até que se obtenha sucesso. Em alguns casos, a fecundação não chega a ocorrer, em outros acontece exatamente o contrário, e todos os óvulos se tornam embriões. Como estas técnicas se tornam mais acessíveis, a tendência é que o número de gestações múltiplas, seja cada vez maior. Os SINTOMAS DE GRAVIDEZ no caso de gêmeos não costumam se intensificar. São iguais geralmente.

por-que-nasce-gemeos

O Pré-natal

Nos casos de uma gravidez múltipla, os cuidados com pré-natal devem ser redobrados. Nas primeiras semanas, o obstetra já pode receitar medicamentos hormonais que ajudam a fixar os óvulos no útero e evitar abortos espontâneos.

Depois da que a gravidez ultrapassa 28 semanas, é feito um exame chamado “cardiotocografia”, que torna possível o registro das contrações uterinas e freqüência cardíaca dos fetos.

A “dopplerfluxometria” analisa a circulação das artérias do útero, da artéria cerebral média e da artéria umbilical dos futuros bebês. Com base em todos estes resultados, o médico pode diagnosticar se os fetos estão recebendo suporte suficiente de oxigeno, durante a gravidez.

Muitas mamães costumam fazer o Teste de Gravidez Caseiro no intuito de saber se é menino ou menina mas vale lembrar que somente a ecografia pode dar resultados com clareza.

O médico também pode receitar ingestão de remédios a base de corticóides, para acelerar a maturidade fetal, principalmente a pulmonar. Dessa forma, evita eventuais  problemas respiratórios caso o parto seja antecipado. Prescrever ácido fólico, em dose bem definidas, também ajuda na prevenção de má- formação congênita do sistema nervoso central.

Entre outros cuidados, é aconselhável usar meias elásticas e dormir com as pernas apoiadas em almofadas, para evitar o aparecimento de varizes. Conter o consumo de sal e de alimentos ricos em gorduras também é indicado, pois evita os riscos de “toxemia”, uma doença hipertensiva da gravidez, que agrava problemas de pressão.

Em gestações com mais de dois bebês, o repouso deve ser completo. A gestante só deve sair para fazer exames e ir ao médico. Em alguns casos ficam proibidas também as relações sexuais. Tudo em nome da segurança e bem estar de todos.